Logo USP

facebook

english

español

Histórico

As origens da Faculdade de Medicina Veterinária encontram-se no ano de 1919, quando foi criado o Instituto de Veterinária (Lei Estadual nº. 1695, de 18 de dezembro de 1919), que fazia parte da Secretaria da Agricultura; ministra-se curso em três séries, de um ano escolar cada uma. O referido Instituto transformou-se em Escola de Medicina Veterinária (Lei Estadual nº. 2354, de 1928), cujo curso passou a ter duração de quatro anos, ficando subordinada à Diretoria de Instituto de Indústria Animal da Secretaria da Agricultura.

Em 1934, a Escola de Medicina Veterinária foi transferida para a Secretaria de Educação, retornando novamente à Secretaria da Agricultura (Decreto Estadual nº. 6809 de 5 de novembro de 1934). Posteriormente, o Governador Armando de Salles Oliveira resolveu extingui-la (Decreto Estadual nº. 8806 de 13/11/1934), para, como Faculdade, incorporá-la à Universidade de São Paulo. Finalmente foi criada a Faculdade de Medicina Veterinária (Decreto Estadual nº. 6874, de 19/12/1934 - modificado pelo de nº. 7016, de 15/03/1935), passando a integrar a Universidade de São Paulo.

O primeiro Regulamento da Faculdade foi aprovado pelo Decreto Estadual de nº. 7204 de 11 de junho de 1935, sendo seu primeiro Diretor o Senhor Professor Doutor Altino Augusto de Azevedo Antunes. Graduou a primeira turma de Médicos Veterinários em 1938, tendo, até a presente data, formado 70 turmas, totalizando 3.439 profissionais.

Em novembro de 1997, o curso de graduação em Medicina Veterinária desta Faculdade foi avaliado pelo Ministério de Educação e Cultura através dos "Exames Nacionais de Cursos". A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP recebeu, nesta avaliação o nível "A" sendo, portanto, uma das 5 (cinco) possuidoras deste conceito no país.